quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Hysteria *informa*

Pedro Ivo

Alguém ai faria a prova do ENEM agora no último domingo dia 04/10? Se a resposta for sim você, ou vocês, deve estar muito *uto da vida com o ocorrido. Bem aqui vai um vídeo com a silhueta do desgraçado que provocou todo este alvoroço. Se alguém identifica-lo já sabe, pode linchar, dar voadora, o que vier em mente primeiro.(Deixo claro que não estamos incentivando a violencia, caso alguém faça algo não assumimos a responsabilidade)xD

2 comentários:

Fê, disse...

Poxa..eu não ia fazer o enem,mas sério,muita sacanagem fraudar...não sei se você já tem uma cópia da prova fraudada,já deve ter,a maior parte dos estudantes conseguiram,mas igual você pode observar que aquela prova era ridícula de tão fácil.Poxa..as questões de português era dadas,não digo à toa,é matéria de 1º ano,nossa tava muito fácil.

Vendo o mundo hoje,podemos tirar diversas conclusões.Uma delas é que cada vez mais,no meio da sociedade convive ladrões.Isso porque acho que quem fraudou é um ladrão,pode ter sido pedaços de papel,mas pedaços estes que fizeram milhares d ejovens se matar estudando o ano inteiro,só esperando por esse dia.São centenas daqueles que estudam,que procuram dar o emlhor de si sempre parar a bosta do enem e chega aí e um retardado,ladrão,corrupto,filho da mãe de um cara e frauda uma prova,ainda por cima pedindo um dinehirão por ela.

Acho que todo mundo se revoltou com isso,mas como no Brasil(principalmente) as coisas sempre acabam ficando por isso mesmo,esse tipinho de gente nunca vai pagar pelo que faz.Isso todo mundo já está careca de saber,sempre existiu e vai existir esse tipo de fraude,só que dessa vez explodiu.Tem um monte de gente que entra na faculdade por esse tipo de mutreta,não só provas que são compradas,mas também vagas nas faculdades,isso a gente sempre viu,só acabamos nos calando,torcendo para que isso acabe e lá no finzinho sobre uma vaga para nós.

Pobre esponja disse...

Enem? Falcatrua?
Que eu saiba essa semana/mês é dedicada ao Rio 2016.

abç
Lamentável
Pobre esponja