segunda-feira, 24 de maio de 2010

Sobre o Parkour

Rael:

O Hysteria Project é um blog criado para divulgar os esportes radicais, mas espera aí, o que o parkour está fazendo aqui?

De fato, o parkour não é um esporte radical, é algo difícil de se caracterizar, assemelhando-se mais a uma arte ou uma disciplina. De acordo com seu criador David Belle, o espírito no parkour é guiado em parte a superar todos os obstáculos em seu próprio caminho como se estivesse em uma emergência. Sendo assim, útil fora dos treinos, desenvolvendo seu corpo e mente e ajudando em uma hora que seja preciso uma fuga.
O termo " parkour" não ser deriva somente de " percurso" em francês, e sim de "o percurso de obstáculo"

No Parkour não existem giros como wallspins e backflips, pois não ajudam a superar obstáculos no menor tempo possível, e quando se mistura parkour com esses giros surge uma outra arte chamada Free Running.

Free Running é uma atividade física, onde os praticantes usam o ambiente disponível para execução de movimentos baseados em liberdade e estética. Ele incorpora movimentos dinâmicos de deslocamento do Parkour incrementados por acrobacias diversas, como movimentos de ginástica artística, "Tricking" e "Street Stunts", criando um rápido e estético modo de deslocamento.

Bom... esse foi um brevíssimo resumo sobre a arte Parkour e seus derivados. Apesar de não ser um esporte radical, continurei postando aqui no blog, por ser algo ser algo arriscado e que se assemelha-se aos esporte radicais em alguns aspectos, mas lembrando, é a arte do movimento!

A seguir um vídeo de Parkour:


E um de Free Running:

Um comentário:

Pício disse...

Valeu o seu esforço. Prezo muito isso.

Mata o LE do Parkour, e continue com essa vontade de CONHECER.

abraços.