terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Dirty Money

Rael:

"Dirty Money" conta parte da história do skate brasileiro. O filme foi produzido numa parceria entre a Revista CemporcentoSKATE e a produtora Visual Pleasures, com patrocínio cultural da NikeSB foi apresentado no dia 22 de abril numa premieré realizada em Los Angeles (EUA). Trata-se de um dos primeiros documentários de skate no Brasil, e um dos primeiros documentários nacionais filmados em Camera Red One, de cinema digital. A Red é a câmera que está causando uma revolução digital no cinema, pela sua qualidade de imagem similar ao do cinema tradicional em película.

"A NikeSB se identificou muito com a historia do skate brasileiro contada no documentário "Dirty Money". O patrocínio cultural do filme se deu para que o maior número de pessoas pudessem ter acesso a esse material nas telas de cinemas, iPod's, computadores, celulares e as mais variadas formas de comunicação. Foi viabilizado um site para que os internautas tenham mais informações sobre o documentário e possam baixar o filme", explica Alê Reis, gerente da categoria Action Sports da Nike.

No começo dos anos 90 a indústria do skate faliu após o Plano Collor. Motivados pelo amor ao skate e uma atitude "faça você mesmo" alguns amigos, adolescentes na época, se juntaram e lançaram um vídeo caseiro que mudaria as suas vidas para sempre. A fita se chamava "Dirty Money". O vídeo foi um sucesso instantâneo, rodou o país, e inspirou milhares de jovens que compartilhavam o mesmo sonho, se tornando a pedra fundamental para a reconstrução do skate como esporte e estilo de vida no Brasil. Formavam aquele grupo de amigos, nomes com Fábio Cristiano (atleta NikeSB), Alexandre Vianna, Márcio Tarobinha, Bob Burnquist, entre outros.

"O Filme fala de contracultura, sobre lutar por seus ideais e pelo que você ama. Em uma época em que tudo parecia perdido, alguns amigos se uniram e decidiram transformar a realidade", afirma Ricardo Koraicho, um dos diretores do filme.

Agora, o documentário "Dirty Money", resgata a crise vivida no início dos anos 90, e a energia daquela nova geração para vencer as dificuldades. Mais do que um filme sobre o skate, trata-se de uma história de amizade e superação. Dirigido por Alexandre Vianna e Ricardo Koraicho, "Dirty Money" tem trilha sonora original da banda paulistana, TwinPine(s), além de faixas de ParteUm, Macaco Bong, Improvisado Trio, Guizado, Lelêginz e Snooze -- todos artistas brasileiros.

"O Dirty Money é um documentário sobre a geração da década de 90 no Brasil que sonhava em seguir uma vida através do skate, em uma época de crise. É mais uma história de vida, do que uma história sobre skate", conta Alexandre Vianna, um dos diretores do filme.
Link para Download: www.dirtymoney.com.br

Infelizmente a incorporação do documentário foi destivada, então aqui está os links no Youtube:
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5

Post sugerido por ATENÇÃO!!!
Galera, semana que vem irei viajar, curtir um pouco as férias em Foz do Iguaçu e Curitiba, então para o blog nao ficar parado, deixarei os post programados nesse tempo, mas como serão bastantes vídeos até eu voltar, peço a ajuda de vocês, me enviem vídeos até quinta a noite para hysteria.project@yahoo.com.br e ajudem com a programação do blog nesses dias!
Obrigado^^

Curtiu o Hysteria? Add nos favoritos^^

Um comentário:

Diego disse...

Valeu mano... sugeri esse video pro pessoal do skate que ainda n conhecia esse video passe a conhecer a história e a importancia dele pra todos nós